A tecnologia da informação e comunicação (TIC) nunca esteve em momento tão propício para seu desenvolvimento. Com o advento da internet das coisas (IoT), smart cities (cidades inteligentes e inclusivas) e os meios digitais de divulgação das informações temos um mundo completamente inexplorado, inclusive no Brasil.

A sustentabilidade dos negócios pode ser medida pela capacidade de inovação que as empresas possuem. Fazer diferente. Nos momentos de crise, nada melhor que usar os conhecimentos adquiridos em desenvolvimento de sistemas, inclusão sociodigital, soluções mobile para alavancar os negócios da sua organização.

Atualmente vivemos em mundo ultraconectado, onde o número de dispositivos pessoais como   smartphones e dispositivos móveis ultrapassa o tamanho da população local. Com a massificação das informações que são geradas podemos ter cidades mais inteligentes e inclusivas, que fora do Brasil também são conhecidas pelos termos Smart Cities ou Ciudades Digitales.

Através do advento da internet das coisas que busca conectar aparelhos eletrônicos através da internet, mundos antes vistos somente em filmes de ficção ou desenhos futurísticos – como geladeiras, aparelhos de ar-condicionado, temperatura ambiente, uso da água e energia, acompanhamento da entrega de comida, monitoramento das casas – podem ser controlados a distância e em tempo real por meio de celulares e seus aplicativos.

Seria possível em um momento de crise as empresas se aproveitarem desse novo mundo?

Não tenho dúvidas que sim. No Brasil e nos Estados Unidos há forte demanda por profissionais de desenvolvimento de software e aplicações inteligentes. Atualmente, como pesquisador da Universidade Federal Fluminense (UFF) tenho recebido muitas demandas das empresas por profissionais de tecnologia da informação e comunicação especializados, que saibam fazer. No momento, há muito pouco espaço para os generalistas. Isso é uma mudança de rumos.

Se você quer fazer parte desse mundo que surge, que pode ser mais inclusivo e sustentável não deixe de aproveitar as oportunidades. Negócios precisam ser viáveis e somente quem pode ajudar a desenvolve-los de maneira viável  tem crescido em meio a crise.

Já está nos acompanhando no LinkedIn? Aproveite essa e mais dicas em: https://br.linkedin.com/in/alaguedes ou pelo Facebook em: https://www.facebook.com/alaguedes.

Um abraço e até a próxima! André Luis Azevedo Guedes. Pesquisador do Centro de Tecnologia, Inovação e Sustentabilidade – CTIS UFF, Mestre em Sistemas de Gestão e Doutorando em Engenharia Civil com foco em Smart Cities e Inovação.

As oportunidades na crise e o crescimento no uso da Tecnologia da Informação e Comunicação

Deixe uma resposta